Contactos

HORTIFRUTI WM COMA BEM

  • Pessoa de contato: wagner adilson WM
  • Telefone: +55 (11) 99384-05-06
  • Endereço postal: r horma 214, São Paulo, São Paulo, 02984000, Brasil

Renovações do site
CEREJA, foto 1
  • CEREJA, foto 2

CEREJA

Pratique hábitos saudáveis. A alimentação equilibrada previne sua família de inúmeras doenças.
sob encomenda
Preço a confirmar
Condições de pagamento e frete
Informação de contato
  • Pessoa de contato: wagner adilson WM
  • Telefone: +55 (11) 99384-05-06
  • Endereço postal: r horma 214, São Paulo, São Paulo, 02984000, Brasil
Descrição detalhada de um produto

A cereja possui as vitaminas A, B1, B2, B5 e C. Além de possuir 231 mg de potássio, possui também a cada 100 gramas fósforo, sódio, cálcio, enxofre, silício, magnésio, cloro e ferro, ácido elágico, além de proteínas 0,6%, amidos e açúcares 15%. A cereja também possui betacaroteno, pectina, quercetina e cianina.

Membro de uma família de plantas que inclui ameixas, damascos, pêssegos e nectarinas, as cerejas geralmente têm um menor teor de vitaminas e sais minerais do que seus parentes maiores. Entretanto, o sabor da cereja e suas baixas calorias fazem com que a fruta seja uma sobremesa ou um petisco ideal durante a época em que são encontradas. As cerejas amargas, mais nutritivas do que as cerejas doces, são mais usadas no preparo de geleias e outras compotas ou como recheio de tortas e outros doces.

Valor nutricional da cereja

Uma xícara (250 ml) de cereja doce ou amarga contém aproximadamente 130 calorias. Os dois tipos de cerejas são uma ótima fonte de betacaroteno, vitamina C e potássio, mas as cerejas amargas têm um teor mais alto de betacaroteno. As cerejas são uma ótima fonte de pectina, uma fibra solúvel que ajuda a controlar os níveis de colesterol no sangue. As cerejas também são uma rica fonte de quercetina, um flavonóide com ação anticarcinogênica e antioxidante.

Os curandeiros de antigamente, bem como os adeptos da medicina alternativa, sempre indicaram o uso de cerejas amargas para tratar a gota. Estes aconselham que se tome o suco de cereja silvestre para tentar diminuir o inchaço e a dor provocados pela gota. Há algumas evidências que apoiam essa prescrição. Pesquisas sugerem que a cianina, substância presente nas cerejas, tem propriedades antiinflamatórias que podem reduzir o inchaço e as dores causadas pela doença. Outras pesquisas também indicam que, talvez, as cerejas amargas ajudem a aliviar os sintomas da artrite.

Pessoas que são alérgicas a damasco e a outros membros da família das ameixas, provavelmente, também serão sensíveis à cereja. As reações mais frequentes são a urticária e a sensação de coceira dentro ou na região da boca.

Alguns estudos também relacionam o flavonóide quercetina a um menor risco de doenças coronarianas, além das suas outras atividades.

Variedades de cereja

Existem mais de 1000 variedades de cerejas no mundo. As cerejas mais doces e populares na América do Norte são a Bing e outra variedades, cuja cor varia de marrom-escuro a quase preta, e a Lambers, de cor vermelho-vivo. As Queen Annes são amarelas com tons de vermelho, grandes e muito doces. As variedades amargas, ou cerejas para torta, são menores do que as mais doces.

Ao comprar cerejas frescas, prefira cerejas firmes, polpudas e com cachinhos verdes. As cerejas estragam rapidamente, e são encontradas apenas durante um período bastante curto.

Confira abaixo os benefícios que o consumo de cerejas traz para a sua saúde:

Tanto em forma de suco quanto ao natural, a cereja é ótima para reumatismo, gota, nefrite, anemia e arteriosclerose.
Cerejas, amoras, uvas, maçãs e framboesas são ricas de uma substância chamada quercetina, que combate a ação dos radicais livres. O seu consumo regular afasta males como o enfarte, o derrame e o câncer.
As cerejas mais negras, normalmente as mais doces, contêm mais ferro, potássio e magnésio do que as variedades mais claras. Porém, todas as variedades contêm vitamina C e flavonoides, uma substância com poder antioxidante, o que significa que as cerejas ajudam a combater o envelhecimento e a fortalecer o sistema imunológico.
As cerejas são altamente purificadoras do humor, desinfetam o intestino e mineralizam o sangue. Combatem prisão de ventre, estimulam a digestão e as funções do pâncreas, além de terem propriedades diuréticas. O seu sumo ajuda a diminuir a febre.
O consumo de cerejas é muito aconselhável em doentes que sofrem de uricemia (estado mórbido provocado pela acumulação de ácido úrico no sangue), artrite e gota, pois são excelentes neutralizantes do ácido úrico, uma vez que contêm ácido salicílico.
A cereja é ótima para o crescimento das crianças, por causa da quantidade de sais minerais e do alto teor de vitaminas que estimulam todos os processos de desenvolvimento e crescimento.
A cereja tem propriedades antiinflamatórias.
Com o alto teor de pectina presente na cereja, uma fibra solúvel, diminui os níveis de colesterol.
Os bioflavonóides presentes na cereja impedem a degeneração celular e o alto índice de minerais contidos na cereja funcionam como uma verdadeira arma contra as marcas da idade, combatendo a desmineralização óssea e aos problemas relacionados à menopausa.
Por possuir betacaroteno, a cereja auxilia a manter a pele protegida, defendendo-a das agressões externas. As cerejeiras são utilizadas como ingredientes em fórmulas cosméticas anti-envelhecimento.
A cereja dá uma sensação de saciedade, aliado a poucas calorias, a fruta desempenha papel importante quando o objectivo é perder peso. Cerca de 85% da cereja é composto por água e as suas propriedades depurativas auxiliam a eliminar toxinas do organismo. As fibras e o potássio presentes na cerja favorecem uma boa circulação intestinal, garantindo a drenagem do sistema digestivo. E não só as pessoas em regime que podem se beneficiar ao consumirem cerejas: hipertensos e pessoas com problemas do coração e renais também podem se beneficiar com a fruta.
O ácido elágico presente na cereja, um fitoquímico com propriedades antioxidantes, inibe o desenvolvimento e reprodução de células cancerígenas.

Categoria do catálogo Negociol.com: Outros aditivos alimentares em São Paulo
Criado: 15/12/12 17:29
Alterado: 15/12/12 17:29